Na falta de energia, ligue para 0800 51 74 92
PCE - Programa de Cooperativismo nas Escolas
Você está em Programas e Projetos > PCE - Programa de Cooperativismo nas Escolas

PCE - PROGRAMA DE COOPERATIVISMO NAS ESCOLAS

O PCE - Programa de Cooperativismo nas Escolas é um trabalho pioneiro de educação cooperativista na Região Fronteira Noroeste do RS. Está em funcionamento e em constante aperfeiçoamento desde 1993. Elaborado e coordenado pelo Departamento de Educação e Comunicação da Cooperluz, articula-se a nível regional com a participação ativa de diversas entidades, professores e estudantes.

Os objetivos do PCE são:

  • Contribuir para a formação de uma consciência associativa, especialmente entre os jovens, no sentido de construir uma participação ativa e consciente nas entidades e em todos os espaços sociais e políticos;
  • Formar lideranças democráticas, éticas e comprometidas com as entidades e instituições da região, fortalecendo a organização e o controle sobre elas;
  • Incentivar a escola no processo de adequação do ensino à realidade do educando, possibilitando uma educação integral, que visa à preparação do aluno como membro atuante e transformador da sociedade;
  • Contribuir para o desenvolvimento e avanço das experiências cooperativas e associativas já existentes e motivar para a criação de novas, dentro das necessidades da população.

O PCE trabalha sob três eixos:

  • Cooperação - Vida e Empreendimento;
  • Economia Solidária;
  • Ecologia e Agroecologia: Educação para Consumo Consciente;

Atualmente o trabalho vem sendo desenvolvido com as 6ª a 8ª Séries e em breve, do 7º ao 9º Ano do ensino fundamental com as seguintes abordagens:

  • 6ª Série: - COOPERAR É LEGAL: Princípios, valores e a Cooperação no núcleo familiar, comunidade, Escola e Município;
  • 7ª Série: – LIDERANÇA - Criação da cooperativa não formal ; ECONOMIA SOLIDÁRIA e Produção e Consumo Consciente;
  • 8ª Série: – "NOSSA COOPERATIVA: Nossa responsabilidade com o Mundo".

Dentre as práticas que são desenvolvidas no PCE está a formação das Cooperativas não formais¹ nas Escolas participantes. Dentre os trabalhos realizados pelos alunos, alguns exemplos demonstram o resultado prático alcançado nos últimos anos:

  • Cooperativa escolar para o reflorestamento (administrando as vitrines ambientais);
  • Cooperativa de conscientização e coleta seletiva de material reciclável;
  • Organização de eventos escolares;
  • Cooperativa culinária (sacolés, bolos e outros);
  • Cooperativa de artesanato, produção de mudas e horta orgânica, dentre outras.

Para a elaboração de seus projetos contam com orientação de professores (as) locais, e quando necessário extencionistas da EMATER, da AREDE-Associação Regional de Educação, Desenvolvimento e Pesquisa, dos pais, e também de outros profissionais da comunidade.

Ao final de cada ano letivo, os alunos e escolas participam dos Jogos IRCE - Integrações Regionais do Cooperativismo nas Escolas com o objetivo de promover a integração e reforçar o espírito da cooperação.

No processo de capacitação e formação continuada, os Educadores do PCE participaram de encontros com os Professores e Estudantes onde são abordados temas alusivos ao Cooperativismo e a Cooperação como Cidadania e Diversidade na Escola, além de temas sobre meio ambiente. O material didático-pedagógico (livros, CDs/DVDs, impressos) também é avaliado e atualizado constantemente.

Indicativos de resultados deste processo de educação adotado pela COOPERLUZ ficaram evidenciados no estudo de Andrioli, no qual resume as mudanças apontadas nos alunos, o que se expressa em: a) melhor convívio entre alunos e professores; b) responsabilidade ao assumir tarefas de grupo; c) maior participação em atividades na escola e na comunidade; d) trabalho crítico em sala de aula; e) mais liderança, interesse, união, motivação e espírito de luta para concretizar objetivos. (2007, p. 216). (ANDRIOLI, Antônio Inácio. Trabalho coletivo e educação: um estudo das práticas cooperativas do PCE – Programa de Cooperativismo nas Escolas - na região Fronteira Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Ijuí, RS: 2ª Ed. Unijuí, 2007. – 264 p.)

Anualmente participam das atividades do PCE aproximadamente 1.000 estudantes de 18 escolas em dez municípios da Região Fronteira Noroeste dentro da área de abrangência da Cooperluz.

ENTIDADES QUE APOIAM E DESENVOLVEM O PROGRAMA DE COOPERATIVISMO NAS ESCOLAS

  • COOPERLUZ - Cooperativa Distribuidora de Energia Fronteira Noroeste.
  • Prefeituras Municipais: Secretarias Municipais de Educação e Cultura;
  • AREDE – Associação Regional de Educação, Desenvolvimento e Pesquisa.
  • EMATER - Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural;
  • Outras Entidades: Igrejas, Cooperativas e Sindicatos de Trabalhadores Rurais e Urbanos;

Galeria de imagens (clique para ampliar):

Copyright © 2013 Cooperluz - Todos os direitos reservados