A Cooperluz

Gestão

Estrutura de tomadas de decisões da cooperativa.

A Cooperluz dentro da sua estrutura como cooperativa possui várias instâncias de tomada de decisão e de compartilhamento das informações, os quais são canais de comunicação com a Direção, Conselhos, seus associados(as) e colaboradores na busca da participação e democratização da gestão.

Organograma Funcional
Assembléia Geral Ordinária

A Assembléia Geral Ordinária (AGO) deve ocorrer sempre no primeiro trimestre de cada ano. É o encontro mais importante da cooperativa, pois reúne todos membros da gestão da Cooperluz e associados para deliberar e decidir sobre ações importantes para a cooperativa e para a sociedade.

No encontro, os órgãos administrativos da cooperativa, prestam contas aos associados, que apreciam e avaliam assuntos como: relatório da administração do exercício anterior; balanço patrimonial; balanço de resultado; destinação das sobras e ou perdas; a leitura do parecer do conselho fiscal e a opinião dos auditores independentes.

Quando necessário, ocorre a eleição e posse da diretoria e dos membros do conselho administrativo e fiscal. Também, é definida a remuneração dos dirigentes e dos conselheiros, além de analisar e decidir sobre o planejamento de atividades para o ano que se inicia e outros assuntos de relevância para a cooperativa e seus associados.

Diretoria Executiva – Conselho de Administração e Fiscal

O Conselho de Administração da Cooperluz é constituído pela Diretoria Executiva composta do presidente, vice-presidente, secretário e mais 11 Conselheiros efetivos e igual número de suplentes, representando os municípios da área de atuação da cooperativa, eleitos para um mandato de quatro anos.

O Conselho de Administração se reúne ordinariamente uma vez a cada mês e deve definir normas e objetivos para as operações e serviços da cooperativa, bem como, controlar os resultados. Os membros do Conselho são membros natos dos núcleos cooperativos e participam das reuniões semestrais com os representantes dos núcleos e das reuniões em preparação à assembleia geral.

Diretoria Executiva

Querino Volkmer

Presidente

Vicente Czycza

Vice-presidente

Eliseu Luis Stein

Secretário

Conselho de Administração

Efetivos Suplentes Município
Paulo Kreutz Jair Inácio Becker Santo Cristo
Jacó Pedro Horn Diva Maria Ludwig Neis Porto Vera Cruz
Miguel Kessler Lauri Reschke Ubiretama
Pedrinho Dewes Celso Antonio Backes Campina das Missões
Auri Michelsen Jose Carlos Perin Alecrim
Jaime Roberto Fabricio Arlindo Hillebrand Santa Rosa
Alcione Copetti Romeu Gross Giruá
Jair Robaldo Wolf Amauri Politowski Sete de Setembro
Claudemir Kurschner Tarcisio Eugenio Sowa Senador Salgado Filho
Mateus Perini Tiago Rafael Fritzen Porto Lucena
Leomar Jose Becker Valdir Pedro Lauermann Cândido Godói

Conselheiros Fiscais

Efetivos Município
Hedviges Bohn Knapp Campina das Missões
Noli Soveral Joner Porto Vera Cruz
Claudir Bresch Cândido Godói
Suplentes Município
Cirilo Daronch Santa Rosa
Valdir Jose Hahn Alecrim
Elizandra Kupske Sete de Setembro
Organização do Quadro Social em Núcleos

A organização do quadro social é incentivada em forma de núcleos cooperativos. As decisões de ordem econômica e social da cooperativa, são feitas de maneira democrática, permitindo a participação dos associados e propondo clareza das atividades desenvolvidas pela cooperativa.

Núcleos Cooperativos

Os núcleos cooperativos são constituídos por associados da cooperativa com a proposta de um núcleo por município da área de atuação, contendo no mínimo 20 participantes. Os núcleos devem colaborar nas atividades e programações da cooperativa e servindo também como um instrumento de comunicação entre os associados, a cooperativa, direção e conselhos, contribuindo para que as decisões possam vir ao encontro e aos anseios do quadro social.
Os núcleos cooperativos terão uma coordenação escolhida entre seus participantes, composta de coordenador, vice-coordenador, secretário e vice-secretário para um mandato de quatro anos.

A Cooperluz possui 27 núcleos cooperativos na sua área de atuação. Anualmente e em preparação à assembleia geral são realizadas reuniões dos núcleos cooperativos em suas comunidades com a presença da direção, conselheiros administrativos e fiscais do município e dos gestores de áreas da Cooperluz. Nestas reuniões são apresentados os dados estatísticos, indicadores de qualidade, de desempenho, resumo das atividades, investimentos realizados, prestação de contas e a posição econômica e financeira da cooperativa.
As reuniões nos núcleos proporcionam um canal direto do associado com a cooperativa e a direção, oportunizando aos associados a participação efetiva.

Mandato: 2016 a 2019

  • Alecrim

    Núcleo: La. Alecrim

    Coordenador: Geraldo Becker

    Vice-coordenador: Vilmar Antônio Arenhart

    Secretário: José Carlos Perin

    Vice-secretário: Ari José Fischer

  • Alecrim

    Núcleo: Esq. São Pedro

    Coordenador: Edio Mombach

    Vice-coordenador: Neri José Schons

    Secretário: Antonio Nunes de Freitas

    Vice-secretário: Jair José Kuhn

  • Alecrim

    Núcleo: Esquina Vanguarda

    Coordenador: Francisco Marcelino Welter

    Vice-coordenador: Aloisio Birk

    Secretário: Luiz Andrieoli

    Vice-secretário: Valdir José Hann

  • Campina das Missões

    Núcleo: Vila Teresa

    Coordenador: Guerino Mombach

    Vice-coordenador: Lírio Aloísio Mentges

    Secretário: Roque Afonso Steinmetz

    Vice-secretário: Abrão Knapp

  • Campina das Missões

    Núcleo: La Buriti

    Coordenador: Luiz Mário Webler

    Vice-coordenador: Lírio Aloísio Mentges

    Secretário: Roque Afonso Steinmetz

    Vice-secretário: Cledir Antônio Webler

  • Campina das Missões

    Núcleo: La Amadeu N. Sul

    Coordenador: Emir Joel Vier

    Vice-coordenador: Romêncio José Sauer

    Secretário: Laudir Antônio Webler

    Vice-secretário: Paulo Jair Perius

  • Cândido Godói

    Núcleo: Lª Silva Jardim

    Coordenador: Rudi Scleger

    Vice-coordenador: Albino Luiz Jablonski

    Secretário: Vilmar Dragon

    Vice-secretário: Mario Gabriel Claras Correia

  • Cândido Godói

    Núcleo: Lª Secção A

    Coordenador: Albino Rogoski

    Vice-coordenador: Albino Andrigeski

    Secretário: Arsindo Danser

    Vice-secretário: Albino Pich

  • Cândido Godói

    Núcleo: Lª Doze Norte

    Coordenador: Nelson Krist

    Vice-coordenador: Ademir Mombach

    Secretário: Jaime Backes

    Vice-secretário: Édio Lauxen

  • Cândido Godói

    Núcleo: Lª São Pedro

    Coordenador: Rudi José Schossler

    Vice-coordenador: José Adelir Speth

    Secretário: Valdir Pedro Lauermann

    Vice-secretário: Roque José Kunzt

  • Senador Salgado Filho

    Núcleo: Sede

    Coordenador: Vilmar Minikel

    Vice-coordenador: Rene Dutra

    Secretário: Armindo Schultz

    Vice-secretário: Milton Rodzchneski

  • Giruá

    Núcleo: Santa Lúcia

    Coordenador: José Roque Rodrigues

    Vice-coordenador: Ademar Padilha dos Santos

    Secretário: Amarino de Almeida Lamarque

    Vice-secretário: João Bubicz

  • Giruá

    Núcleo: São Paulos das Tunas

    Coordenador: Calisto Cambri

    Vice-coordenador: Ivan dos Santos Stroschein

    Secretário: Vinildo Berwing

    Vice-secretário: Romeu Gross

  • Giruá

    Núcleo: Rincão Nª Srª Aparecida

    Coordenador: Antonio Lemos dos Santos

    Vice-coordenador: Pedro Moacir Pase

    Secretário: Alcione Copetti

    Vice-secretário: Antônio Garibaldi Colleto

  • Santo Cristo

    Núcleo: Lª do Rio

    Coordenador: Auri José Klein

    Vice-coordenador: Nelson Rodrigues da Silva

    Secretário: Claudino José da Silva

    Vice-secretário: Aloisio Rodrigues da Silva

  • Santo Cristo

    Núcleo: Belinha Centro

    Coordenador: Bruno Muller

    Vice-coordenador: Luís Viro Joner

    Secretário: Danilo José Puhl

    Vice-secretário: Aurio Mombach

  • Santo Cristo

    Núcleo: Lª Larga

    Coordenador: Vilmar Brandt

    Vice-coordenador: Ernesto Elmo Schimit

    Secretário: Vilson Jadir Heck

    Vice-secretário: José Adolfo Nicodem

  • Porto Lucena

    Núcleo: Lª 1° de Março

    Coordenador: Irineu Hartmann

    Vice-coordenador: José Eli Fink

    Secretário: Waldomiro Steinmetz

    Vice-secretário: Jaime Luiz Henz

  • Porto Lucena

    Núcleo: Entre Rios

    Coordenador: Valdir Santinonn

    Vice-coordenador: Itacir Daniel Bettio

    Secretário: Otávio Santinonn

    Vice-secretário: Gani Santinon

  • Ubiretama

    Núcleo: Lª Natal Sul

    Coordenador: Eugênio Rosek

    Vice-coordenador: Liceu Kessler

    Secretário: Acácio Francisco Granke

    Vice-secretário: José Lorivaldo Backes

  • Ubiretama

    Núcleo: Dr Pederneiras

    Coordenador: Ernesto Kupske

    Vice-coordenador: Romeu Fehlauer

    Secretário: Adelar Preischadt

    Vice-secretário: Elemar Schulz

  • Porto Vera Cruz

    Núcleo: Roncador

    Coordenador: Balduino Kunn

    Vice-coordenador: Telmo Felipe Benz

    Secretário: Noli Soveral Joner

    Vice-secretário: Rosalino Britzke Muller

  • Porto Vera Cruz

    Núcleo: Lª Borboleta

    Coordenador: Armando Lautarte

    Vice-coordenador: Maria Sueli Birck

    Secretário: Ivo Thume

    Vice-secretário: Adelmo Fabriz

  • Porto Vera Cruz

    Núcleo: São José

    Coordenador: Diva Maria Ludwig Neis

    Vice-coordenador: Inácio Bolzan Puiatti

    Secretário: Celso José Pech

    Vice-secretário: Adelar Eduardo Schalembergs

  • Santa Rosa

    Núcleo: Laj. Tarumã

    Coordenador: Darci Fagundes da Silva

    Vice-coordenador: Nerci Fagundes da Silva

    Secretário: Abrelino Fontana

    Vice-secretário: José Alcino Chaves

  • Santa Rosa

    Núcleo: Laj. Reginaldo

    Coordenador: Marco José Reckziegel

    Vice-coordenador: Roque Sulzbach

    Secretário: Hugo Sipert

    Vice-secretário: Osmar Patzer

  • Sete de Setembro

    Núcleo: Rincão dos Donattos

    Coordenador: Danilo Antônio Kovalski

    Vice-coordenador: Luís Clédio Robaldo Wolf

    Secretário: Evadir Rodrigues Pavão

    Vice-secretário: Amauri Politowski

Auditoria Independente

A Cooperluz tem contratado os serviços de auditoria independente com a empresa Dickel & Maffi – Auditoria e Consultoria, os quais são responsáveis por realizar testes e exames em conformidade às normas de auditoria, e ao final do exercício, emitir opinião sobre a posição patrimonial, econômica e financeira da cooperativa.